Conheça os Benefícios do Reiki

22-01-2019

O reiki, terapia alternativa de cura energética, existe há milhares de anos. A palavra "reiki" significa "atmosfera misteriosa, sinal miraculoso" e deriva das japonesas "rei" (universal) e "ki" (energia vital). A cura energética atinge os campos de energia ao redor do corpo, por meio dessa terapia. 

Os praticantes afirmam que pode haver a estagnação da energia vital em algumas partes do corpo onde há lesão física ou possivelmente uma dor emocional. Com o tempo, esses bloqueios de energia podem evoluir para doenças e a cura energética por meio do reiki atinge justamente esses campos de energia ao redor do corpo, liberando-as.

Segundo o site Medical News Today, a medicina energética visa ajudar o fluxo de energia e remover os bloqueios de forma semelhante à acupuntura ou acupressão. Melhorar o fluxo de energia ao redor do corpo, dizem os praticantes, pode permitir o relaxamento, reduzir a dor, acelerar a cicatrização e diminuir outros sintomas da doença.

A forma atual dessa terapia foi desenvolvida pela primeira vez em 1922 por um budista japonês chamado Mikao Usui, que supostamente ensinou 2 mil pessoas o método de reiki durante sua vida. A prática se espalhou para os Estados Unidos, através do Havaí, na década de 1940, e depois para a Europa, na década de 1980.

Comumente, as pessoas também se referem à prática como cura de palma ou cura manual. A sessão pode ser realizada em qualquer lugar, mas é melhor quando feita em um ambiente calmo e propício. O paciente pode ficar sentado ou deitado, havendo ou não música - depende da preferência de quem vai receber o reiki.

O praticante coloca as mãos levemente sobre o corpo ou áreas específicas da cabeça, membros e tronco, usando diferentes movimentos manuais, entre 2 e 5 minutos. As mãos podem ser colocadas em 20 áreas diferentes do corpo - cada uma por no máximo 5 minutos - ao longo da sessão.

Se houver uma lesão em particular, como uma queimadura, as mãos podem ser seguradas logo acima da ferida.

Enquanto o praticante mantém suas mãos levemente sobre o ponto a ser trabalhado, a transferência de energia acontece. Durante esse tempo, as mãos do praticante podem estar quentes e formigantes. Cada posição da mão é mantida até que o praticante perceba que a energia parou de fluir ali. Daí, ele a reposiciona em outra parte.

Ainda segundo o site, os efeitos curativos são mediados pela canalização da energia universal conhecida como qi, pronunciado "chi". Na Índia, isso é conhecido como "prana". Trata-se da mesma energia envolvida no exercício do tai-chi. É a energia da força vital que alguns acreditam envolver todos nós e permear nosso corpo.

Especialistas em Reiki ressaltam que, embora essa energia não seja mensurável pelas técnicas científicas modernas, ela pode ser sentida por muitos que a sintonizam.

Reiki é usado para ajudar a relaxar, ajudar nos processos de cura natural do corpo e desenvolver bem-estar emocional, mental e espiritual"

Diz-se também que induz a relaxamento profundo, ajuda as pessoas a lidarem com as dificuldades, alivia o stress emocional e melhora o bem-estar geral. As pessoas que recebem reiki descrevem-no como "intensamente relaxante".

O reiki pode ser usado para ajudar a tratar câncer, doença cardíaca, ansiedade, depressão, dor crónica, infertilidade, distúrbios neurodegenerativos, autismo, Doença de Crohn e síndromes de fadiga, entre outras.

Existem diversos cursos em todas as cidades do Brasil que certificam qualquer um que deseje aprender para autoaplicar ou aplicar a técnica em outras pessoas e objetos. Que tal experimentar? 

Artigo publicado por: BELA LIMA em 18/01/2019 no site www.metropoles.com